Espanhóis dominam Swim Marathon 2017

Associação de Natação da Madeira

Event Info

Diário de Notícias da Madeira
Publicado 30 Outubro 2017
Jornalista: Paulo Vieira Lopes

Madeira voltou a mostrar que está nos grandes palcos internacionais

O Funchal voltou a receber, no passado fim-de-semana mais um grande espectáculo internacional de natação em águas abertas, e que contou com mais de oito dezenas de nadadores, entre madeirenses, continentais e estrangeiros.

Naquela que foi a quarta edição do Madeira Island International Swim Marathon, organização a cargo do Clube Naval do Funchal, a prova rainha, dos 10 quilómetros teve a supremacia da selecção espanhola, que aproveitou as excelentes condições de tempo e de mar da Região para, não só se preparar para uma nova época internacional, como também para competir com a selecção portuguesa que começa a dar mostras na modalidade de águas abertas.

O internacional espanhol Rogger Rabassa Iglesias veio a ser a grande figura da prova ao vencer com o tempo de 1:48:20.31 horas. Já o seu colega Giullem Paujo Belmonte foi segundo classificado, a apenas 34 segundos do campeão, enquanto Tiago Filipe Campos veio a dar a medalha de bronze para Portugal com o registo de 1:48:22.54. Nos femininos, e num duelo a dois, Judith Navarro Silvestre, de Espanha, festejou o ouro com a marca de 2:01:43.58 enquanto a nadadora lusa, Vânia Soares Neves, foi segunda com o tempo de 2:04:04:01.

Já no percurso de 1.500 metros livres a vitória absoluta sorriu a Mário André Bonança (Sporting) com a marca de 15:21:10 minutos, enquanto os restantes lugares do pódio foi entregue ao júnior madeirense, João Castro (CD São Roque) com o tempo de 15:21.10, e ao ‘popular’ Luís Pedro Silva (16:32.84).

Ligar Ribeira Brava ao Funchal

No dia de ontem o evento contou com uma longa travessia entre a Ribeira Brava e o Funchal, num percurso de 13 quilómetros e outra de quatro quilómetros que ligou Câmara de Lobos à capital madeirense.

O espanhol Carmelo Santana Sanchez e Susana Novais Santos - única portuguesa a ligar as Berlengas a Peniche - seriam os grandes vencedores com os tempos de 2:56.00 horas e 3:12.59 respectivamente.

Na prova curta o domínio foi para o clube organizador, com o paralímpico Emanuel Gonçalves a triunfar na prova masculina, enquanto Susana Gomes, atleta que esteve em bom plano nos Mundiais de Masters este ano, festejou no sector feminino, tendo igualado a mesma marca que o seu colega.